Anúncio de Parceria!

Boa noite, Senhores e possíveis Senhoras.

Nós, da equipe do Barbeando Blog, estamos sempre buscando novos conteúdos e informações que possam ser úteis para todos os amantes do barbear tradicional e, também, aos leitores que precisam fazer a barba, independente do método. Sempre bom lembrar: as informações disponibilizadas aqui não são restritas e não excluem quaisquer indivíduos que optem por outros métodos para barbear-se.

Então, com grande alegria, informamos a parceria entre o Barbeando Blog e o muito conhecido por todos “Sharpologist”, ou Mantic 59’s.

Nosso objetivo é a transmissão e divulgação de conteúdos interessantes, variados e, tendo em vista que nem todos os nossos leitores sentem-se confortáveis com a leitura em língua inglesa, eu, Frederico, propus ao Mantic a introdução no nosso blog de posts traduzidos a partir do blog dele.

Simples, todos os posts serão marcados, os créditos serão todos dados a ele e, ao fim de cada post, constará o link para a postagem original. As traduções serão feitas por mim e os posts serão selecionados pela equipe editorial do blog.

 

Sendo assim.

Aguardem, pois espero que a novidade agrade a todos.

Forte abraço e bons barbeares.

Aos que não conhecem, seque o link:

http://sharpologist.com/

Anúncios

Tipos de pré barba e qual escolher!

Boa noite, senhores.

No meu último post, comentei sobre a importância de tratar a pele de forma apropriada antes do barbear – seja com safety razor, navalha, navalhete, single edge ou multi-lâminas. Desta vez, pretendo falar de outro passo dentro da rotina do barbear. O pré barba. É obrigatório? Não. É interessante? Sim. Se eu usar vai fazer muita diferença? Talvez. O que usar? Como usar? Para que usar? Será que devo usar? Qual tipo seria melhor pra mim? Vou tentar trocar tudo em miúdos para vocês.

OS TIPOS DE PRÉ BARBA

Em geral temos disponibilidade no mercado de três tipos: os óleos, mais comuns, encontrados em diversas marcas e lugar; o creme pré barba, esse é um pouco menos comum no mercado nacional, porém, também, facilmente encontrado; por último, o sabão pré barba ou sabonete pré barba, esse é mais difícil no mercado nacional, até agora não encontrei nenhum, os mais conhecidos são os da marca Musgo Real.

 

Mas e agora? Qual deles comprar? Como wet shavers, somos estranhos e temos a tendência a querer todos, óbvio. Primeiro seria importante observarmos as propriedades de cada um e o que procuramos com cada um dos produtos, afinal, ninguém tem intenção de comprar produtos caros para, posteriormente, jogá-los em um canto ou deixá-los como enfeite. Falemos então das propriedades de cada um:

  • Óleo pré barba: Esse tem a função de criar uma película na pele, evitando um pouco o atrito entre a lâmina e a pele, deixando a pele com o menor número possível de deformidades.
  • Creme pré barba: Esse é bastante hidratante e possui, em geral, componentes que retém água. Ele também ajuda bastante a amaciar os fios da barba. Além disso, ele “melhora”  aquele sabão que não proporciona um deslize muito bom.
  • Sabão pré barba: Esse ajuda bastante os que procuram mais deslize, o “glide effect”, normalmente tem base glicerinada e, ao misturar-se ao sabão/creme de barbear, ajuda bastante no deslize.

 

Cada um tem características particulares e, também, em comum com os outros tipos. De forma geral, simplesmente seria dito: Teste todos e veja qual é o que mais lhe agrada. Mas será que o aquele mais cheiroso ou mais agradável para você é o mais agradável para a sua pele? Vou deixar claro aqui: este post não é review de nenhum produto, por tal razão, tentei suprimir ao máximo qualquer nomeação, exceto o do sabonete, pois é o único conhecido por mim.

Em geral, os tipos de pele são: oleosa, seca, normal e mista. Cada uma delas vai reagir de forma única aos produtos que você utiliza nela. Também há a Pele sensível e a “normal”. Todos esses detalhes influenciam. Então, na hora de escolher um pré barba, mesmo sendo apenas para teste, tente observar o seu tipo de pele. Abaixo vão algumas informações de cada tipo de produto e qual seria o mais próximo do ideal para o seu tipo de pele:

Pele sensível: A pele sensível, normalmente, é seca e fina. Por tal razão, muitas vezes a hidratação apenas do sabão não é suficiente, portanto, nesse caso, o ideal é a utilização de um óleo: especialmente porque ele vai adicionar uma camada de proteção à pele, permitindo à lâmina mais contato apenas com o pelo e diminuindo o atrito com a pele. As fotos abaixo mostram exatamente isso.

É nítida a formação de uma camada protetora na pele e a uniformidade da área a ser barbeada. (Créditos ao Bisognini pelas imagens gentilmente “microscopadas”).

Pele oleosa: Ninguém quer mais hidratação, quando se tem uma pele naturalmente hidratada, não é mesmo? Vá de sabão pré barba, não tem erro. Vai limpar o excesso de oleosidade, aumentar o deslize e também, através da glicerina, regular a abertura dos poros, consequentemente, evitar aquela excessividade de óleo.

O creme pré barba tem uma questão interessante, ele é o meio termo. Ele é o produto indicado para quando você não tem tempo suficiente de fazer todo o ritual da rotina pré barba, mas não pode ficar sem barbear. Ele está em um entre lugar entre o óleo e o sabão, mas com algumas propriedades diferentes. Apesar de hidratar a pele, ele também é facilmente absorvido pelos pelos e, adivinha, quando a barba está hidratada, ela fica macia. Se aplicar uma toalha quente em cima do creme, melhor ainda, você já economizou tempo. Ele é aquele produto coringa, se dá bem com todos os tipos de pele. Claro, aos que tem pele oleosa, usar um pouco, apenas, procurando esfregar contra o pelo. Aos que tem a pele mais seca, é quase sem limites.

Portanto, não escolha baseado em opiniões gerais, mas nas suas necessidades específicas, como sempre falamos nesse hobby: Cada pele, uma sentença. Isso também se aplica aos produtos. Em suma, vale a pena usar? Sim, vale a pena usar, apesar de não ser uma parte obrigatória, pode ser que para uns não faça a menor diferença, enquanto, para outros (um olá para o pessoal com pele sensível), isso mude completamente a experiência de barbear. E quando eu digo mudar, é usar uma muhle R41 com uma Feather nova e não ter irritação.

 

photo_2017-08-22_00-11-56
Eis, então, a pele após o barbear. As áreas brilhosas demonstram a hidratação pós barba e a esfoliação natural do combo pincel + lâmina.

Futuramente, falarei da interação entre determinados tipos de gorduras utilizadas nos sabões de barbear e a reação com a pele.

  Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email