Afiação Navalha Gold Dollar 66 – Pedras Sintéticas

Este texto é do Euclides Neto da Stay Sharp – facas e acessórios, ele faz um trabalho incrível com afiação de navalhas e facas, é importador de exclusivas facas japonesas artesanais, neste vídeo ele desmistifica o que muitos metidos a “experts” que dizem que as navalhas Gold Dollar não servem pra nada.

Aproveito para agradecer não só o vídeo, mas por tudo que você tem compartilhado conosco todos os dias, sigam o canal dele no youtube, clique aqui

Esse vídeo é para os usuários de navalhas e também quem tem curiosidade de aprender como afiá-las.

As Gold Dollar são navalhas de baixa qualidade? Sim sem dúvida!

É possível barbear com uma? Claro que sim, desde que esteja Shave Ready! Aqui é onde muitas pessoas acabam desistindo de usar navalhas, até mesmo as Dovo (Marca reconhecida de Straight Razors) não chegam shave ready do fabricante, 95% das últimas lâminas que recebi, todas precisaram de um bevel set até a finalizadora. Então um parâmetro de uma navalha realmente shave ready pode vir de uma navalha de 6usd como pode ver no vídeo.

É claro que quanto maior a qualidade da Navalha e do Aço, mais refinado e maior tempo ela vai reter o fio. Nesse vídeo mostro como afiar uma Gold Dollar, navalha que custa em torno de 6 usd em pedras sintéticas.

Fiz também uma proposta de enviar a mesma para alguns amigos do Barbeando.blog (Link abaixo), a ideia é passar ela pelas mão de um pessoal já experiente em barbear com uma straight. Tanto para mostrar que é sim possível se barbear com uma Gold Dollar, mesmo sendo e uma navalha barata e também quebrar o mito de que não é confortável um fio sintético acima de 8-10k. Aqui levei o fio até uma 20k sintética e me propus a subir ainda mais para os amigos que vão receber a Navalha. Não deixem de acompanhar o Blog sobre wet shaving, muitos usam Safety Razors e Navalhas, é um local de muita informação sobre lâminas, cremes, after shaves e tudo mais!

Euclides Neto

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email
Ouçam nosso podcast, clique no feed e abra no app favorito
http://barbeandocast.podomatic.com/rss2.xml

 Barbear clássico com navalha

Um básico passo a passo e o que me motiva nessa arte tão antiga.

Por que optar em fazer a barba com um pincel, sabão ou creme e uma navalha ao invés de usar o atual Mach3 e sua espuma enlatada? Só passar na cara a espuma e depois passar rápido o Mach3 e pronto? De primeiro momento vou descrever o que seria o prazer de fazer a barba da forma que nossos avôs faziam e depois me diga se não é muito mais interessante.

Você toma aquele banho ou umedece seu rosto algumas vezes, deixando nesse tempo seu pincel em um pote com água para que ele fique macio o suficiente para acariciar sua pele enquanto faz a espuma, passa sua navalha no strop para assentar o fio e deixá-lo afiado, a ponto de cortar um cabelo sem nem encostar-se nele direito. Após esses minutos no preparo do seu barbear, você tira o pincel do pote com água retirando o excesso de água dele, em movimentos circulares dá diversas voltas no sabão para carregá-lo, depois o encosta no rosto com suas cerdas macias massageando sua pele em movimento circulares e não circulares, jogando umas gotas de água para hidratar a espuma até ela se formar com qualidade, e consiga te dar o deslize e hidratação que proporcionará um barbear bem suave.

Após a espuma ter se formado, pegue a navalha,  que se for pensar é a lamina mais afiada que você vai pegar em sua vida, com uma das mãos, estique a pele para que quando for passá-la a pele não enrugue ou dobre, segure a navalha com firmeza e dando passadas curtas sinta que dominou a fera e só escute o barulho gostoso que a navalha faz ao cortar todos os pelos que entram em seu caminho, após limpar a bochecha passa para a região do pescoço onde há uma atenção maior, mas com jeito se faz a limpeza da área novamente, após a primeira passada passar um pouco de água em todo rosto somente para umedecer, pegue novamente o pincel e massageie a pele novamente deixando um bela camada de espuma para a segunda passada, que para mim seria no contra pelo, agora, começando do pescoço subindo devagar a navalha até a bochecha sentindo a navalha cortando os pelos que tentaram fugir da primeira passada, só que dessa vez sucumbiram ao seu corte e com isso proporcionando novamente um barulho extasiante, ao término dessa segunda passada você umedece o rosto novamente e sente ainda uns pontos de pelos que nascem em outro sentido, passa novamente o pincel no rosto e deixa mais uma bela camada de espuma nele, alguns preferem passar a navalha da direita para a esquerda como também da esquerda para direita, o que fica a critério de cada um.

No fim dessa terceira passada lave o rosto com a água gelada sentindo uma sensação muito boa de frescor, seque bem o rosto com a toalha e então já é a hora de passar a loção pós barba(after shave), faça um pequena poça de loção na palma da mão depois distribua para as duas mãos em seguida aplica em toda a área do rosto que foi barbeada. Normalmente há uma sensação de queimação, refrescância, limpeza e um aroma que normalmente é sutil ao nariz e assim que passa esse mix de sensações, vem um sentido de pele limpa, bem cuidada e você passa a mão no rosto e pensa, nossa! está parecendo pele de neném!!!!, e junto vem a satisfação de não ser só mais um barbear, e sim alguns momentos de prazer em algo que era apenas uma obrigação chata e se transformando em um hobby, capaz de proporcionar um dos poucos momentos de relaxamento nesta vida tão corrida. E então, será que o Mach3 seria bom mesmo?

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email

Vídeo – Barbear com Navalha

Hoje nosso amigo e membro do Blog Antenor Roberto, esta aqui pra mostrar sua experiencia com navalha, é seu primeiro vídeo, mas esta muito bom, tem boas dicas para os iniciantes, e desmistifica a lenda de que navalha é algo perigoso, a navalha é uma experiencia mais profunda no hobby, é voltar mais ainda no passado, como @carvalhosilva1 costuma dizer, um wetshaver não é completo enquanto não tiver pelo menos uma experiencia com navalha.

Enjoy

 

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email

INICIANDO O BARBEAR COM NAVALHAS

No final do ano passado acabei adquirindo uma navalha C.V. Heljestrand Eskiltuna M***k, N° 31 que apesar de estar em bom estado precisava passar por afiação e limpeza.

Quando comecei a ler sobre o uso de navalhas e descobri que seria necessário ter strop e futuramente pedras de afiação para manutenção do fio da navalha acabei ficando desmotivado e anunciei essa navalha para ser vendida ou trocada.

Passado os meses sem surgir interessados em negociar a navalha acabei ficando em dúvida sobre o que fazer com ela, foi quando em conversas com o amigo Elson acabei ficando novamente instigado a testar o uso de navalhas e enviei para ele fazer uma limpeza e afiação.

Esse era o estado da navalha antes de passar pelos cuidados do @carvalhosilva1 (Elson)

A navalha retornou assim:

Ver essa navalha limpa e afiada e deixou imensamente feliz pelo seu estado e me programei para fazer o primeiro teste com ela em um dia com calma.

Como nunca sequer tinha usado navalhete tudo era novidade e iniciei meu primeiro barbear em uma manhã tranqüila e com certa apreensão diante do desconhecido, mas que rapidamente foi dissipada nas primeiras passadas que se mostraram muito eficientes e seguras.

Segui o barbear até terminar a primeira passada a favor dos pelos, acabei empolgando e tentei fazer a passada contra que não seria recomendado para novatos como o meu caso, mas que com o devido cuidado consegui realizar com êxito.

Terminado o primeiro barbear observei ter cometido algumas falhas por imperícia que causaram alguns arranhões no rosto, mas ao longo do dia notei que não tinha nenhum tipo de irritação na pele.

No dia seguinte decidi tentar novamente a me barbear com a navalha e os resultados foram ainda melhores, sendo que a partir do terceiro barbear seguido já não cometi os pequenos erros que cometi nos dois primeiros e tive um resultado impressionante o que me levou a prosseguir essa saga quase que diariamente.

Desde o primeiro contato com navalhas há quase um mês atrás só tenho utilizado navalhas e posso dizer que fico sempre muito satisfeito com os resultados, já que com o pouco de técnica que consegui em apenas 2 passadas tenho um BBS sem nenhuma irritação ou mesmo cortes.

Para aqueles que tem a mesma dúvida que eu tinha antes de testar navalhas digo que não dá o trabalho que eu imaginava, muito menos exige um arsenal de acessórios em um primeiro momento, bastando ter um bom strop já conseguirá manter o fio por um tempo considerável antes de partir para adquirir uma nova navalha ou mesmo pedras.

 Clique no link e receba nossas atualizações
<a href=”https://feedburner.google.com/fb/a/mailverify?uri=Barbeandoblog&amp;loc=en_US”>Subscribe to BarbeandoCast by Email</a>