O Mito Do Barbear Caro!

O Mito Do Barbear Caro!

Bom, não é novidade para nenhum de nós: a maioria procura o wet shaving para economizar dinheiro, deixar de lado os cartuchos caríssimos de multi lâminas, sem valor algum justificado. E é exatamente sobre isso que eu quero falar hoje: Valor. Quanto vale um produto de barbear?

Aqui no Brasil, é normal começarmos com produtos facilmente encontrados em farmácias; pouquíssimos de nós podemos dizer coisas como “nunca tive um pincel condor”, “nunca testei bozzano, bic ou gillete”. E essa é a verdade, nosso acesso aos produtos é limitado e, se você não souber o que está fazendo, pode perder bastante dinheiro. Acredito que nesse processo, passamos por algumas fases e eu sei que todas elas são importantes.

Não estou aqui para falar dos primeiros passos de um wet shaver, estou aqui para falar de como acabamos por criar um mito relacionado a produtos e seus respectivos valores.

Todos nós queremos qualidade, procuramos um bom barbear, confortável, sem irritação ou pelos encravados, além disso, o ato de barbear se torna muito mais do que apenas um passo na rotina, se torna um hobby e dentro desse hobby, acabamos por distorcer algumas coisas que são essenciais.

Eu não sei quanto a vocês, leitores, mas minha comunicação começa dentro da minha carteira. E em todos os âmbitos da nossa sociedade, somos capazes de observar diversos produtos que simplesmente não condizem com os seus respectivos preços. Sim, somos capitalistas, consumistas e gostamos disso, portanto, não adianta pensar que é tudo um absurdo, porque não é.

O que tenho percebido é o grande aumento dos valores dos produtos, sabões de barbear por 300 reais (cento e poucos dólares), pós barba de 50, 60, 70 dólares, pincéis que chegam à casa dos 300 dólares. E pra quê? Eu não critico de forma alguma aqueles que compram tais produtos, pelo contrário, fico feliz por existirem produtos que consigam suprir o desejo consumista de cada um deles – magia capitalista, se há demanda, há oferta; sempre. O foco aqui ainda não está bem ajustado, o grande ponto é a criação da ideia de que apenas os produtos caros são bons, como se neles houvesse algum composto mágico capaz de transformar o barbear em algo de outro mundo.

A verdade é que não há nada de especial, mas, para tornar isso claro, preciso falar um pouco sobre o barbear tradicional fora do território nacional. Eu tenho pouco tempo nisso – são dois anos dentro desse hobby. Nesse interím, o mercado externo cresceu demais, novos artesões, novas marcas, o retorno de produtos outrora no limiar do esquecimento; com esse crescimento, e o surgimento de novas marcas, alguns produtos passaram a fazer uso de sua “tradição” e marketing para elevar seus preços (eu sei que não é apenas isso, mas este é um dos pontos). Consequentemente, em função da variação do dólar, esses ajustes chegam até nós de uma forma bem mais complicada do que é para o mercado externo. Eu não entendo muito de economia, por isso aqui estou apenas falando o óbvio.

Quantas vezes já estivemos pensando em comprar determinados produtos apenas pelo hype? Apenas pela ideia de termos em mãos um produto extremamente aclamado, bem falado e desejado por todos?

O wet shaving é baseado em duas coisas, o que chamamos hardware (máquinas e pincéis) e software (pré barbas, sabões, cremes de barbear, loções pós barba e bálsamos pós barba), dentro de cada uma dessas categorias, os produtos são divididos de infinitas formas, porém, todos eles executam a mesma função, a fórmula base está lá; portanto, seguindo dois princípios: subjetividade e utilidade, não temos razões específicas para acreditar que um sabão no valor de 50 dólares seja tão possível de ter uma performance tão superior a um sabão de 10 dólares; assim como uma safety razor de 250 dólares seja tão capaz assim de ser melhor que outras de valor inferior.

O importante dentro do hobby é a fruição, é aproveitar cada um dos momentos desta tarefa cotidiana que nos propomos a transformar em algo simples; em suma, o que quero dizer é que se você não tem produtos caros, se você não quer gastar tanto dinheiro com isso, não se sinta mal, não pense que seu barbear nunca será de qualidade, pois será, sim, independentemente do valor. Seja bozzano ou martin de candre, vai barbear da mesma forma, seja uma Timeless, BlackBird ou aquela safety razor antiga que era do seu avô, a tarefa principal será a mesma: fazer a barba. Algumas coisas apenas não tem o preço justificado, não há nada milagroso.

Aproveite o que você tem, sem ficar se preocupando com os produtos que o amigo do grupo, do fórum ou do facebook possui. Enjoy yourslef.

Peace Out!

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email