Lâminas de barbear 7’O Clock

Um pouco de informação sobre as ótimas laminas de barbear 7’O Clock

Olá caros leitores, este será mais um post sobre lâminas, e desta vez sobre as “famosas” Gillette 7’O Clock, coloquei o adjetivo entre aspas, por que são famosas entre nós, amantes de um bom barbear, se você sair perguntando por ai sobre essas lâminas, vai quebrar a cara, eu não tenho certeza, mas acho que elas nunca foram vendidas aqui, mas posso estar errado, peço aos colaboradores e seguidores do blog que me corrijam, se tiverem mais informações.

Falando em informações, barbaridade, tentei saber algo sobre a história desse nome, a história dessa marca, mas ô coisa difícil, encontrei pouca coisa, e os amigos do grupo, Afonso e Hugo deram uma ajudinha, eu gosto de trazer esse tipo de informação, mas desta vez vou ficar devendo, o pouco que sei é que essa marca era inglesa, registrada em 1914 depois foi comprada pela gigante Gillette ( pra variar) entre as décadas de 20 e 30 e sua produção saiu da Inglaterra, o nome 7’O Clock insinua que você vai se barbear pela manha e até a 7’O Clock sua barba ainda estará rente.

Hoje a Gillette tem 4 modelos de lâminas 7’O Clock, 2 fabricados na Rússia, e 2 fabricados na Índia, o por que? Eu “chuto” que seja por questões logísticas, só que as lâminas acabam sendo diferentes, a matéria prima, o aço, com certeza é diferente entre a Russa e a Índia, o aço indiano é muito famoso pela sua qualidade, o mercado consumidor também, então essas lâminas tem afiações e coberturas diferentes.

Antes de seguirmos em frente aqui temos 2 imagens das embalagens antigas.

7oclock

A imagem acima é de uma caixinha quando a marca ainda não pertencia a Gillette

G7oclockvintage

A imagem acima é da embalagem nova, agora já pertencendo a Gillette, mas ainda sem nome do novo dono grafado.

Vamos começar a mostrar as atuais

Super Stainless – Fabrica na Rússia em St Petesburgo, não tem muita informação da caixa, a não ser o nome Super Inoxidável, muito afiada e confortável ao mesmo tempo, foi durante um bom tempo a minha preferida.

777

4

WIN_20180717_20_00_20_Pro

Shrap Edge – também fabricada na Rússia em St Petesburgo e o nome diz “borda afiada” gosto muito dessa lâmina também, semelhante a sua irmã de caixa verde bem afiada e bem confortável.

777

1

WIN_20180717_20_03_17_Pro

Super Platinum – Fabricada na ìndia, e a minha favorita hoje sem dúvida alguma, afiada suave e muito durável, consigo 5 barbeares com muito conforto, mas com o aumento da procura, se tornou a mais cara das 4.

777

3

WIN_20180717_20_07_09_Pro

Permasharp Stainless – não se engane, parece a russa mas não é, essa também é fabricada na Índia, fui ludibriado, e foi uma boa surpresa, eu estava no E-Bay procurando as russas, achei um anuncio com bom preço e comprei, a foto do anuncio era da russa, mas as que vieram foram as indianas, xinguei muito, mas depois de testar, aprovei, bom fio, confortável e a mais barata das 4.

777

2

WIN_20180717_20_11_23_Pro

photo_2018-07-17_20-20-41

777

Talvez não seja possível identificar grandes diferenças pelas fotos dos gumes, mas posso garantir a vocês que cada lamina tem suas características, é necessário ter todas? Claro que não, os entusiastas como eu gostam de testar tudo, mas você pode encontrar a que melhor se adapta a sua barba e a sua pele, e comprar só ela, para fazer testes, no E-Bay tem muitos anúncios com amostras de lâminas.

777

Se você se interessou em adquirir essas lâminas, o caminho é a importação, seja pelo E-Bay ou por lojas já indicadas no blog como a Maggards (USA) Gifts & Care (SPAIN) dentre outras.

Pra finalizar digo que adoro todos os 4 modelos, 2 características comuns as 7’O Clock são o ótimo fio e a suavidade que esta relacionado ao tipo de polímero o qual a lamina é banhada, o problema dessas lâminas é a dificuldade de consegui-las e o preço, a fama delas já correu o mundo, e como o Wetshaving tem crescido em alguns países, a procura por bons produtos aumentou também, e com essa procura o preço subiu consideravelmente.

Se você chegou até aqui, deixo meu muito obrigado, curta comente, ficaremos felizes em lhe responder.

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email
Ouçam nosso podcast, clique no feed e abra no app favorito
http://barbeandocast.podomatic.com/rss2.xml

Laminas de barbear falsas?!

Amigos e seguidores hoje o assunto pode parecer estranho, mas é isso mesmo, falsificação de lâminas de barbear.

A princípio isso “soa” estranho, falsificar lâminas? Foi o que a maioria esmagadora do nosso grupo de discussão no Telegram pensou quando foi compartilhado um anúncio do MercadoLivre de 2 packs das famosas lâminas Feather, menos o @kellalbuquerque, esse desconfiou do preço muito baixo de um pack de lâminas Feather, chegou até a questionar o vendedor do MercadoLivre mas foi ignorado.

No entanto eu encarei, e me dei mal, e nesse post eu colocarei todas as fotos e explicações para que vocês que estão lendo não caiam nesse golpe.

Falsificar lâminas da dinheiro? Pensando rápido, a resposta é não, mas vamos pensar da seguinte forma: lâmina de fato é algo barato, essas, em específico, são as mais caras do mercado – quer saber mais sobre elas clique aqui  – o preço médio varia entre 50,00 e 60,00 por um pack de 60 laminas, ou seja quase 1,00 por lâmina, com frete, esse valor aumenta.

Falsificar 1000 ou 10.000 não parece ser muito lucrativo, mas quem se propõe a fazer a falsificação, faz 1 milhão, 10 milhões, agora as cifras ficam bem mais interessantes, né?

E quem falsifica lâminas? Obviamente, não vale a pena comprar todo o maquinário exclusivamente para fazer esse tipo de falsificação, o mais provável é que seja algum fabricante que já produza lâminas baratas e que se aproveita da fama da Feather, muda algumas coisas em sua linha de produção, passando a ganhar mais dinheiro. Mas isso é apenas uma suposição, vamos ao que interessa, vamos às imagens!

photo_2018-03-08_19-51-05

Esses 2 packs vieram do MercadoLivre por 87,00, com frete!! Aqui já podemos reparar o primeiro indício, nenhuma caixinha tem o lacre de celofane e 100% das caixinhas da Feather vem Lacradas.

photo_2018-03-08_19-53-59

Vejam as caixinhas lacradas!

Além da falta do lacre, também não há a impressão do lote e da data de vencimento!

Acima caixas originais.

photo_2018-03-08_19-58-08

O papel que envolve a lâmina é bem diferente, na foto o papel de cima é original, é um papel manteiga bem grosso e com pontos de cola, o de baixo é fininho e sem ponto de cola.

Detalhe da caixa com dispenser, o da esquerda é o falso o da direita o verdadeira, muito mais bem acabado com as letra bem evidentes.

photo_2018-03-08_20-02-31

A lâmina de baixo tem 2 pontos de cola e a impressão é ligeiramente diferente, a falsa tem uma impressão mais escura.

feather

A última imagem mostra claramente que a Feather tem um fio maior, (a linha amarela mostra a área do fio), aliás, da pra perceber que o material, em si, é diferente.

Eu não vou usar o blog pra denunciar ninguém. O post tem a intenção de alertar e ajudar, há outras lâminas que já foram falsificadas, como a Gillette Rubie.

Fiquem de olho nos preços muito baixos, se for no mercadolivre, perguntem se vem lacradas e com número de lote e validade.

Agradecimentos ao @kellalbuquerque , @ivanreis, @alcirteixeira , @ebotega , e demais amigos que contribuíram para que eu chegasse a essa conclusão.

 

Abraços a todos.

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email
Ouçam nosso podcast, clique no feed e abra no app favorito
http://barbeandocast.podomatic.com/rss2.xml

6 Dicas Para um Barbear Melhor na Região do Pescoço! #1

Caros esta é mais uma tradução do blog Sharpologist e como é um post bastante grande resolvemos dividir cada dica em um post separado.

Espero que gostem

6 Dicas Para um Barbear Melhor na Região do Pescoço!

giraffe-720x578

Problemas para barbear a região do pescoço são, historicamente, “algo doloroso”, para todas as pessoas que precisam fazer a barba. Bom, aqui vão algumas estratégias que podem melhorar o seu barbear na região do pescoço.

BARBEANDO O PESCOÇO – UM CAMINHÃO DE PROBLEMAS

 Barbear o pescoço pode ser realmente um pé no saco. Há inúmeros problemas que podem afetar que está se barbeando, incluindo os pelos encravados, irritação, machucados, etc, fazendo com que não se tenha um barbear agradável, suave e consistente. Bom, aqui vamos atacar alguns desses problemas com estas seis dicas.

Dica # 1 – O Aparelho de Barbear e a Lâmina

Muitos usuários com problemas para barbear a região do pescoço alegam que usar um aparelho com pouca exposição de lâmina (máquinas suaves) em conjunto com uma lâmina bastante afiada pode melhorar bastante o barbear.

Os aparelhos multi lâminas possuem algumas variáveis que, dado seu design, interagem com a pele e o formato do rosto, no entanto, aparelhos com menor quantidade de lâminas e o cabeçal móvel são, geralmente, mais tranquilas quando se trata de barbear o pescoço. As lâminas e os ângulos dos aparelhos são algo pronto, que já vem de fábrica, nesse sentido, é interessante que você procure por algumas alternativas, afinal, não há apenas uma marca de aparelhos de barbear no mercado.

Então, os cabeçais móveis podem ser realmente legais para barbear a região do pescoço, proporcionando uma certa consistência aos barbeares, porém, não podemos esquecer que o pescoço é, fatalmente, uma região delicada e cada lâmina a mais em contato com a pele representa maior chance de, ao final, você ter irritação ou pelos encravados. Portanto, considere sair um pouco dos produtos amplamente divulgados no mercado e procure um aparelho com menos lâminas (preferencialmente apenas uma lâmina) ou um aparelho de barbear antigo, conhecido como “safety razor”, com apenas uma lâmina.

Há uma curva de aprendizado, quando trata-se da ideia de fazer a barba com uma safety razor, mas depois que você pegar o costuma, vai conseguir ótimos barbeares com ela. Ademais, lâminas “double edge” ou as antigas “gillettes” custam muito menos, se comparadas aos cartuchos descartáveis produzidos atualmente.

img_0517

Os aparelhos de barbear antigos exigem um pouco mais de atenção aos detalhes durante o barbear, em contrapartica, oferecem maior flexibilidade de uso: existem inúmeras opções de agressividade e infinitas possibilidades de lâminas (lâminas do tipo gillette podem parecer iguais, porém há várias possibilidades das mesmas serem afiadas e cobertas por algum polímero). Algumas lâminas consideradas de alta performance são: Polsiver; Kai e Feather.

Algumas pessoas obtiveram bons resultados utilizando slant safety razors, pois elas não cortam os pelos de forma direta, mas em um ângulo – como uma guilhotina. À primeira vista, uma slant safety razor pode ser intimidados para alguns.

Safety razors ajustáveis, como Merkur Progress, Parker Variant ou Rockwell 6C são outra opção. A exposição da lâmina nestes aparelhos pode ser ajustada para maior ou menor agressividade, dependendo da região a ser barbeada. É importante dizer que as ajustáveis podem ser um pouco problemáticas, pois há uma tendência dos usuários iniciantes ficarem mudando a posição repetidamente e não costumarem-se a apenas o ideal a cada um.

Por fim, nos últimos anos foram desenvolvidos alguns aparelhos chamados “single edge” com cabeçais móveis, como os cartuchos comprados em farmácias. Alguns deles são a “One blade e One Blade Core”, Focus Dynamic e a Gillette Guard. Dá pra dizer que estes oferecem o melhor dos dois mundos, com a consistência de performance de um aparelho de cabeçal móvel e a redução das chances de haver irritação ou pelos encravados já que utilizam apenas uma lâmina.

Continua no próximo post…

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email

INICIANDO O BARBEAR COM NAVALHAS

No final do ano passado acabei adquirindo uma navalha C.V. Heljestrand Eskiltuna M***k, N° 31 que apesar de estar em bom estado precisava passar por afiação e limpeza.

Quando comecei a ler sobre o uso de navalhas e descobri que seria necessário ter strop e futuramente pedras de afiação para manutenção do fio da navalha acabei ficando desmotivado e anunciei essa navalha para ser vendida ou trocada.

Passado os meses sem surgir interessados em negociar a navalha acabei ficando em dúvida sobre o que fazer com ela, foi quando em conversas com o amigo Elson acabei ficando novamente instigado a testar o uso de navalhas e enviei para ele fazer uma limpeza e afiação.

Esse era o estado da navalha antes de passar pelos cuidados do @carvalhosilva1 (Elson)

A navalha retornou assim:

Ver essa navalha limpa e afiada e deixou imensamente feliz pelo seu estado e me programei para fazer o primeiro teste com ela em um dia com calma.

Como nunca sequer tinha usado navalhete tudo era novidade e iniciei meu primeiro barbear em uma manhã tranqüila e com certa apreensão diante do desconhecido, mas que rapidamente foi dissipada nas primeiras passadas que se mostraram muito eficientes e seguras.

Segui o barbear até terminar a primeira passada a favor dos pelos, acabei empolgando e tentei fazer a passada contra que não seria recomendado para novatos como o meu caso, mas que com o devido cuidado consegui realizar com êxito.

Terminado o primeiro barbear observei ter cometido algumas falhas por imperícia que causaram alguns arranhões no rosto, mas ao longo do dia notei que não tinha nenhum tipo de irritação na pele.

No dia seguinte decidi tentar novamente a me barbear com a navalha e os resultados foram ainda melhores, sendo que a partir do terceiro barbear seguido já não cometi os pequenos erros que cometi nos dois primeiros e tive um resultado impressionante o que me levou a prosseguir essa saga quase que diariamente.

Desde o primeiro contato com navalhas há quase um mês atrás só tenho utilizado navalhas e posso dizer que fico sempre muito satisfeito com os resultados, já que com o pouco de técnica que consegui em apenas 2 passadas tenho um BBS sem nenhuma irritação ou mesmo cortes.

Para aqueles que tem a mesma dúvida que eu tinha antes de testar navalhas digo que não dá o trabalho que eu imaginava, muito menos exige um arsenal de acessórios em um primeiro momento, bastando ter um bom strop já conseguirá manter o fio por um tempo considerável antes de partir para adquirir uma nova navalha ou mesmo pedras.

 Clique no link e receba nossas atualizações
<a href=”https://feedburner.google.com/fb/a/mailverify?uri=Barbeandoblog&amp;loc=en_US”>Subscribe to BarbeandoCast by Email</a>

Review da lâmina Feather Proguard Single Edge

Caros seguidores hoje o assunto será novamente lâminas Single Edge, mais especificamente sobre as Feather Proguard, como já abordado outra postagem Feather é um fabricante de lâminas e outros produtos cortantes japonês, e produtos de qualidade!

Esta lâmina em específico, a ProGuard, é na minha opinião o maior exemplo disso, é uma lâmina revolucionária, com alta tecnologia empregada em sua fabricação, composta por 3 camadas bem finas unidas por microscópicos pontos de solda, formando uma lâmina bem mais rígida que as “gilletes” convencionais proporcionando um fio mais fora do convencional ainda.

photo_2017-07-31_18-41-34

Na figura abaixo as especificações do fabricante

PG

O nome ProGuard vem das “guardas” como mostra figura, responsáveis segundo a Feather pela suavidade e longa duração da lâmina.

A minha experiencia com ela.

Usei esta lâmina com um barbeador Alumigoose muito equilibrado em sua construção, seja tanto no peso quanto na sua agressividade (exposição da lâmina) e consegui 18 fazer nada mais nada menos que 18 barbas, isso mesmo, 18 barbeares confortáveis com boa efetividade e irritação zero, parei de usar por que senti que estava menos efetiva exigindo mais trabalho para “zerar” os pelos do rosto, e mesmo tendo que passar a lâmina na pele muitas vezes ela não causou irritação, isso é realmente fabuloso. Abaixo temos as fotos do primeiro e do ultimo uso.

WIN_20170706_15_24_19_Pro

Abaixo uma foto do 18º uso onde fica bem nítido o comprometimento do fio da lâmina.

WIN_20170706_15_24_19_

Mesmo com o fio bem irregular as “guardas” (bem nítida na primeira foto) fazem muito bem o seu papel evitando as incomodas irritações.

Comprei esta lâmina no Ebay por 60,00 reais um pack de 15 lâminas, à primeira impressão é de ser uma lâmina muito cara, mas se fizermos uma conta simples de 15 usos x 15 Lâminas são 225 barbeares, com esse mesmo dinheiro quantos “Fusion ou Mach3” você compra e quantas barbar fará com eles?? Essas lâminas acabam sendo muito baratas, ainda mais pela tecnologia envolvida, esses barbeadores multi-lâminas não chegam aos pés de uma Proguard em conforto, efetividade e durabilidade.

Todo mundo ama Proguard? Claro que não, repetirei em todos os meus posts, cada barba uma sentença, essa lâmina pode ser muito suave para algumas pessoas, mas vale muito a pena testar, principalmente se você tem pele sensível, eu as achei muito equilibradas, são perfeitas para o meu tipo de barba, são efetivas e suaves na medida certa.

Aconselho no primeiro uso dessa lamina que você estenda ao máximo os usos para “calibrar” ela para sua pele, eu cheguei a 18 usos mas 15 usos são mais que ideais para o meu tipo de barba e minha técnica, isso com certeza vai variar muito dependendo da sua barba, sua técnica e seu barbeador também.

Link para o vendedor destas lâminas no Ebay

http://www.ebay.com/usr/**www.japan-records.net**?_trksid=p2057872.m2749.l2754

Podem ser encontrada aqui no Brasil na Forlords porém o preço é bem mais salgado

https://www.forlords.com.br/

Dúvidas estamos aqui para ajudá-los

Abraços.

Clique no link e receba nossas atualizações
<a href=”https://feedburner.google.com/fb/a/mailverify?uri=Barbeandoblog&amp;loc=en_US”>Subscribe to BarbeandoCast by Email</a>

 

Lâminas Single Edge (borda única)

Um pouco da história das antigas lâminas Single Edge e as atuais também.

Meu caros seguidores e seguidoras que acompanham o blog,  hoje vou tentar neste post esclarecer algumas dúvidas em relação às laminas “SE” abreviação que usamos muito para Single Edge Blades, lâminas de uma única borda ou extremidade.

Quem veio primeiro as Single ou as Double Edge?

De uns tempos para cá se tornou comum lermos sobre barbeadores SE ou laminas SE, tudo por que alguns senhores se juntaram e construíram novos barbeadores que usam essas laminas que cortam de um lado só, causando uma revolução no barbear tradicional, sim por que essas laminas são muito confortáveis e tem uma vida útil muito maior do que as famosas “Gilletles” ou “DE” Double Edge, as laminas que encontramos em qualquer bazar.

photo_2017-07-07_12-27-22
Acima uma Gem abaixo a moderna Feather Artist Club

Para muitos isso soa como novidade, mas não é, isso mesmo, as laminas de única extremidade foram as primeiras a serem criadas! A primeira patente registrada de um barbeador foi em 1878 nos EUA, posteriormente vieram a Ever-Ready, Gem Slim Company com seus modelos “Gem”, todos usando lâminas que cortam de um único lado. Esses barbeadores não são mais construídos, mas existem muitos a venda a bons preços e suas lâminas ainda são fabricadas.

razor234-gem1912-1914-vg
GEM
Razor508-EverReady1912-1927-Ex
Valet
photo_2017-07-07_12-27-17
Lâmina para barbeadores GEM

Posterior a esses barbeadores surgiu um barbeador que se tornou muito popular também nos EUA, as Injector, patenteados e desenvolvidos pela Schick Razors, esses barbeadores usam lâminas mais estreitas e armazenadas em um dispositivo injetor, que insere a lâmina diretamente no barbeador sem o contato manual, esta foi a primeira lamina a se afastar dos formatos quadrados usados pelos barbeadores antecessores.

SONY DSCschick_injector_1

É neste ponto que quero fazer uma observação, esse aparelho Shick Injector foi o responsável pela volta dos barbeadores Single Edge, mas como?

Há um famoso fabricante japonês de laminas singles edge, a Feather, que passou a fabricar um novo tipo de lâmina, parecidas com as injector mas muito melhores, para serem utilizados em seus navalhetes, uma linha que se chama Feather Artist Club (vou falar detalhadamente sobre elas mais adiante).

image5
Acima uma lâmina Feather Artist Club e abaixo sua antecessora a Injector, fonte http://sharpologist.com

Uma ideia brilhante!

Em algum momento de 2009, alguém, não se sabe ao certo quem, em vista do declínio   da disponibilidade das laminas injector, improvisou e usou uma lamina Feather Artist Club em um barbeador Shick Injector, constatando que essa lâmina proporcionava um barbear muito bom, rente, confortável, e a lâmina possui uma ótima longevidade,  divulgou esse “achado”, neste momento entra em cena uma empresa a Classic Shaving juntamente com a Galco fabricantes de coldres para armas de fogo, desenvolveram o primeiro barbeador que utilizava essas laminas Feather Artist Club, o famoso Cobra Classic que foi um grande sucesso.

cs-sr-1d

Em 2014 apareceu um concorrente a Mongoose, e na mesma época foi lançada King Cobra (há um tópico sobre ela aqui no blog) todos muito caros mas mesmo assim emplacando grande sucesso, mais recentemente a Above The Tie  também desenvolveu novos e caros barbeadores SE, no entanto a Italiana Razorock lançou uma série Hawk de barbeadores estabelecendo um marco, barbeadores SE mais acessíveis, a própria Mongoose já havia lançado a Alumigoose(rara) e a Above the Tie também lançou sua SE de alumínio, juntamente Colonial Razors, com preços razoáveis, aproveitando o embalo do sucesso dessas lâminas,  foi lançado um novo barbeador que usa as lâminas Shick Injector, The Single Edge Razor , e barbeadores que usa lâminas GEM ( essas lâminas voltaram a ter alta disponibilidade) em fim, hoje temos a nossa disposição uma gama maior de barbeadores SE, e lâminas também, podemos dizer que é uma tendencia crescente, mas ainda sim estes correspondem a uma pequena faixa do mercado de barbeadores, tanto os preços dos barbeadores como das lâminas afasta muita gente, mas isso até você usar um desses barbeadores, a probabilidade de você mudar de ideia é bem grande!

 

Um barbeador exclusivo.

One Blade esse é o nome de um barbeador que promete ser revolucionário e em consequência do seu alto preço, exclusivo, não é qualquer um que esta disponível a investir a bagatela de 400,00$ Dólares num barbeador, com frete e IOF chega nos impressionantes 1500,00 Reais.

oneblade_razor_set_stainless_steel_2000x

Tem muita tecnologia envolvida nesse barbeador, possui cabeça móvel e utiliza uma lâmina Single Edge bem atípica também, Feather FHS, cara e com uma média de usos muito baixa, 3 barbeares em média com cada lâmina, mas com a promessa de um barbear fantástico.

wp86754608_05_06
Fonte: http://connaughtshaving.com/fhs5.html

Bom falamos um pouco sobre os barbeadores, agora eu vamos detalhar mais sobre as lâminas SE que tem se tornado as queridinhas dos Wet Shavers.

As Single Edges modernas.

Feather Artist Club – são originalmente desenvolvidas para navalhetes da mesma marca, são 5 modelos, no encarte abaixo não aparece um lançamento recente a SoftGuard por isso adicionei 2 imagens diferentes.

Capturar

 

Todas as lâminas possuem 50mm de comprimento, mas nem todas tem a mesma largura e espessura proporcionando a cada uma delas uma característica diferente, a mais larga é a Professional Super(caixa bege) com 8,2mm e 0,31mm de espessura, é a mais agressiva, a Professional (caixa preta) tem exatos 8,0 mm de largura e 0,254mm de espessura, essa lâmina é muito confortável e eficiente, a Proguard era até então o xodó da Feather, uma lâmina que possui alta tecnologia em sua construção, prometendo ser suave, efetiva e com grande longevidade, possui 8,0mm de largura e é a mais grossa do quadro acima com 0,35mm de espessura, a Light Blade não serve nos babeadores SE convencionais por causa da sua furação, serve apenas na Rocnel SE50  é a mmais estreita com 7,4mm de largura com 0,254mm de espessura, como o nome já diz é a mais suave delas.

e98f4594c23a851667b8c131bcd21618_original

 

Recentemente a Feather lançou mais um modelo a SoftGaurd com mais tecnologia envolvida em sua construção, prometendo ser a mais indicada para peles sensíveis e para mulheres, promete ser a mais durável e mais confortável de todas, porém é  mais cara também, e por ser nova no mercado, ainda não encontrei relatos de wet shavers a respeito de suas qualidades, abaixo temos uma imagem impressionante do fio desta lâmina comparando com a ProGuard que também tem um fio especial, por essas imagens temos um ideia de como deve ser trabalhoso construir essas lâminas e por isso são caras.

Pro Guard Blade Design
ProGuard
photo_2017-07-07_12-55-38
SoftGuard

Mas a Feather não esta sozinha no mercado de SE top de linha, outra empresa japonesa a Kai , fabrica lâminas, navalhetes utensílios para medicina em geral, suas lâminas brigam de igual para igual com as Feather, são muito bem conceituadas e também usam processos ultra modernos para confecção de quatro tipos diferentes de lâminas.

kai

Captain Titan Mild como o nome ja diz é uma lamina suave, a imagem mostra as camadas de polimeros que ela recebe, a Kai não disponibiliza tanta informação como a Featherm, mas são muito parecidas, seu dispenser vem com 22 laminas!

 

kai2

Capitan Blade modelo de entrada e mais simples e também a mais barata.

kai3

KAI Captain Titan Mild PROTOUCH MG, concorrente direta da ProGuard

 

kai4

Capitan Sharpblade a mais agressiva das 4

mjfmgch
Fonte: http://brzytwa.org/forum/index.php?topic=10320.0

Eis uma imagem onde podemos ver acima a Feather PROGUARD, e a KAI Captain Titan Mild PROTOUCH MG concorrentes diretas no mercado.

Para finalizar

Vou deixar aqui a minha opinião pessoal sobre as lâminas SE, eu tenho usado bastante a ProGuard da Feather e tenho conseguido os melhores barbeares da minha vida, isso aconteceu com muitos wet shavers, em determinado momento muitos começaram a despegar de todos os seu barbeadores para ficar exclusivamente com os SE, eu particularmente não acho que esse seja o caminho, consigo barbeares excelentes com lâminas DE, jamais vou deixar de usa-las, mas também não critico quem opta por usar somente SEs sejam Feather ou sejam as Kai, são lâminas que estão em outro patamar de desenvolvimento,  e consequentemente proporcionam resultados incríveis, mas a velha máxima continua de pé, cada barba uma sentença, há relatos de quem não tenha se adaptado.

Relutei por muito tempo a testar esse tipo de lâmina, eu dizia a mim mesmo que não iria ficar refém de laminas e barbeadores que não existem no Brasil, eu também gosto de ter vários tipos de laminas com diferentes qualidades, mas em fim, um dia chegou a hora do teste, por insistência de um dos colaboradores do blog @albmeiragmailcom, e hoje são inegavelmente minhas preferidas, e importar não é mais um bicho de 7 cabeças cliquei aqui e leia um tópico sobre este assunto, essa desculpa da disponibilidade das lâminas não é desculpa.

Meu conselho é, teste, A Razorock possui barbeadores “acessíveis” por 25,00$ + 21,00$ em 20 lâminas, com frete você irá gastar em torno de 150,00 a 200,00 reais, ainda assim eu sei que pra muitos esse valor é alto, mas é o preço de se conhecer algo novo que pode vir a lhe agradar imensamente.

O post tem tudo sobre as SEs? Claro que não exitem outros barbeadores precursores e lâminas também, mas creio que ja seja suficiente para todos terem uma melhor ideia do assunto e assim o post não fica maior do que já esta!

Os amigos que tiverem dúvidas ou precisarem de mais dicas fiquem a vontade para perguntar tanto eu como a equipe do blog fará o possível para ajudar a todos.

Fontes:

https://en.wikipedia.org/wiki/Safety_razor

http://sharpologist.com/2015/11/single-edge-razors.html

https://www.classicshaving.com/

http://www.galcogunleather.com/

http://brzytwa.org/forum/index.php?topic=10320.0

https://www.kai-group.com/global/en/

http://www.feather.co.jp/bh_Products/professional.html

  Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email

O desgaste da lâmina de barbear

Decidi criar esse post para ilustrar com imagens como é o desgaste de uma lâmina de barbear através de cada uso, neste caso em específico utilizei uma lâmina Astra.

astra-double-edge-blade-detail

Fabricada na Rússia é muito conhecida e muito elogiada, foi escolhida por acaso, é uma lâmina bastante afiada e com boa suavidade no seu fio, isto é, possui uma ou mais camadas de polímeros para deixar a borda da lâmina, o fio propriamente dito, menos irritante, aproveitando a deixa, esse é um dos principais motivos  de um barbear irritante, ao estendermos demasiadamente a utilização de uma lamina, simultaneamente ela perde o fio e a camada protetora de polímero, a consequência é um barbear com muitas irritações.

Por se tratar de um dos itens mais baratos do barbear, eu evito estender o uso justamente para evitar problemas, abaixo a foto ilustra o desgaste desta lâmina.

evoluçao Astra
fotos com ampliação de 1000X

 

O primeiro uso demostra uma suavização da lâmina, o fio perde o serrilhado e isso explica por que em algumas lâminas é muito comum sentirmos ela mais confortável a partir do primeiro uso, segundo e terceiro usos mostram uma degradação maior, não fui para o quarto uso, a lâmina foi descartada, mas digo que poderia ter mais um uso ainda com conforto.

Para concluir digo que esta evolução do desgaste será sempre diferente de barba para barba, inúmeros fatores influenciam no desgaste da lâmina, o principal deles é a espessura do pelo, o qual varia de pessoa para pessoa, o barbeador, umidade e manuseio também podem influir, então essas fotos servem para ilustrar mas não significa que todas as laminas reagem da mesma forma, lembremos que o material os polímeros utilizados e a afiação fazem com que cada marca e cada modelo tenha suas próprias características.

Abraços.

  Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email