Balm pós barba Skin Food – Geo. F. Trumper

photo_2018-03-30_10-34-32

Faz algum tempo que não publicamos uma resenha ou uma avaliação de algum produto, então hoje resolvi escrever sobre um Balm, o qual eu gosto muito, o Skin Food (alimento da pele) da famosa marca inglesa Geo. F. Trumper.

Em geral o balm pode ser usado após a loção ou pode ser usado sozinho, vai do gosto ou da necessidade de cada pessoa, eu sempre usava um balm após passar a loção, hoje digo que mudei esse hábito, e faço uso do balm quando sinto que após a aplicação da loção a pele ainda precisa de mais hidratação.

Entretanto há pessoas que tem a pele sensível, e o álcool das loções traz mais problemas do que benefícios, o álcool costuma piorar irritações, então para essas pessoas que tem esse tipo de pele, o ideal é utilizar apenas o balm como after shave.

Agora vamos tratar do Skin Food, esse balm não está disponível no Brasil, então se você se interessar clique aqui para importar o seu, clique aqui, para ver nosso tópico que fala sobre importações clique aqui, na data deste post o valor está em 20,00 dólares para um frasco de 100ml, com frete o valor pode assustar, mas posso garantir que este balm rende muito e acaba valendo a pena.

Tem uma composição química simples, mas muito eficiente, possui uma consistência bem liquida, e rende muito, poucas gotas são suficientes para o cobrir o rosto todo.

photo_2018-03-30_10-34-36

A fragrância deste que tenho é Sândalo, mas não sinto sândalo algum, sinto sim uma fragrância cítrica suave e muito agradável, e mesmo com essa descrição “sândalo” eu recomendo para o verão, na minha pele a absorção é muito rápida, em 1 minuto já não há mais resíduos, deixando pele está bem hidratada.

Eu particularmente quase não tenho irritações pós barba, nas poucas vezes que usei o balm em regiões irritadas, o resultado foi bom, alias quando o barbear não for confortável, e por alguma razão você tiver irritações, eu não aconselho o uso de álcool, só vai piorar, use um bom balm, o resultado será melhor, e você não vai judiar mais ainda da pele.

Se você gosta de um bom balm, e está disposto a pagar um pouco mais e esperar algum tempo, eu recomendo esse produto, apesar do preço aparentemente alto, o rendimento é elevado e 100mls vão durar bastante tempo, se você é um wetshaver e curte testar bons produtos, então tem que testar esse balm.

Como costumo fazer, vou atribuir uma nota, e neste caso, nota 8, perdeu 1 ponto pela indisponibilidade no Brasil, e 1 ponto pelo frasco de plástico.

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email
Ouçam nosso podcast, clique no feed e abra no app favorito
http://barbeandocast.podomatic.com/rss2.xml

6 Dicas Para um Barbear Melhor na Região do Pescoço! #2

Continuando o post anterior, segue a segunda dica, não leu a primeira? Clique aqui

Dica #2 – Preparação Para o Barbear

Barbear no sentido do crescimento do pelo é uma noção básica durante o barbear e particularmente importante, ao usar um aparelho mutilâminas, como o Mach 3. Ao utilizar uma safety razor, esta ideia é um pouco menos importante – nesse caso, você pode modificar um pouco o sentido da safety razor e seguir o crescimento predominante do pelo, sem se preocupar com cada uma das possíveis mudanças que existem pelo caminho -, mas ainda é importante sempre lembrar que o barbear não se define à remover toda a barba de uma só vez; a ideia é reduzir a barba em cada uma das passagens.

A direção em que o pelo da barba cresce, muitas vezes, não é nem um pouco intuitivo, quando falamos da região do pescoço, muitas vezes os pelos crescem de forma circular, os famosos redemoinhos. Compreender e observar como o pelo cresce na região do seu pescoço é de extrema importância e é, também, o primeiro passo para superar problemas ao barbear essa área. Uma dica é deixar a barba crescer por um ou dois dias, então, com a ajuda de um espelho, deslize os dedos suavemente pelo rosto, dessa forma, poderá sentir a direção em que os pelos crescem em determinados locais. Feito isso, você pode fazer flechas em cada uma das partes do mapa como na figura a segruir

facediagram

Dessa forma, você conseguirá entender e decidir qual é a melhor forma de barbear cada uma das regiões indicadas.

A preparação da pele da região do pescoço é, muitas vezes, deixada de lado: umedecer a área com água morna e limpar a pele com algum produto específico é importante aqui, muito mais importante, se você sofre com problemas de foliculite ou pelos encravados na região do pescoço. Tente uma boa limpeza de pele antes de colocar uma lâmina afiada sobre ela. Atualmente, alguns produtos do mercado internacional não estão disponíveis no mercado brasileiro, porém alguns produtos conhecidos por todos nós como ACH , Lucky Tiger , Grooming Lounge ou Proraso Sensitive Skin Pre-Shave Cream funcionam muito bem. [nota da tradução].

Alguns de vocês também podem achar que aplicar um óleo pré barba na região do pescoço, após o preparo apropriado) ajuda a combater a irritação. Após a devida limpeza, mantenha a pele úmida, aplique o óleo e então prossiga com a aplicação da espuma. Alguns bons óleos pré barba são Pacific Shavin oil , Village Barber Shave Oil  são óleos para barbear, mas funcionam bem, se utilizados em conjunto com a espuma de barbear -, The Art of Shaving Pre-Shave Oil e Taconic Pre-Shave Oil  são outros.
Continua no próximo post…

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email

Balm X Splash …

Todo wetshaver que se preze tem em sua rotina de barbear um pós-barba. Ele é importante para amenizar a agressão à pele ocorrida durante o barbear. E a pergunta que fica é: balm, splash ou os dois?

Depois de muitos testes e conversas com amigos do wetshaving, a conclusão é simples. É uma decisão pessoal de cada um.

No entanto, os motivos para essa escolha são muito parecidos e nos trazem alguns padrões.

FRIO X CALOR

A temperatura de onde você está é sim um fator considerado para a escolha. Em locais quentes, as pessoas possuem uma preferência aos splashes, já que, além de evaporar rápido por causa do álcool, não deixam a pele mais oleosa. Em locais frios, o balm traz uma proteção extra ao barbear.

PELE OLEOSA X PELE SECA

Pessoas com pele muito oleosa queixam-se mais dos balms, visto que se a quantodade utilizada não for a adequada, você corre um grande risco de ficar grudando o dia todo.

Álcool X Sem álcool 

A maior parte dos splashes possuem álcool, ou seja, se você possui pele sensível, não vai dar certo. Muitas vezes a sensibilidade não é do álcool, mas do nível de agressão durante o barbear. Quando iniciei no hobbie, acreditava que o álcool irritava, mas depois percebi que o problema estava na pressão realizada com o barbeador.

Os balms não possuem, em sua grande maioria, Álcool em sua composição, o que o torna uma boa pedida para quem realmente possui sensibilidade ao álcool.

SPLASH E BALM

Sou uma das pessoas que ao longo do tempo adquiriu o hábito de utilizar os dois em minha rotina. Ao contrário de muitos, a inclusão do balm, com moderação, só trouxe benefícios para o meu barbear. Costumo aplicar o splash e depois de pouco tempo finalizar com o balm.

Independente da escolha, adicionar um pós-barba é essencial para a recuperação e hidratação da pele, e sem dúvida não deve ser descartado.

 Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email

Bálsamo pós barba L’Occitane Cumaru

img_1583
L’Occitane Cumaru

L’Occitane Cumaru, um excelente bálsamo. De consistência cremosa, e de uma fragrância bem sutil, gostosa e muito agradável. Após a aplicação, a pele fica bem hidratada, suave e revigorada, após alguns minutos aquele vermelhidão deixando pela lâmina, vai embora. Ótimo custo benefício, recomendo sem ressalvas!

 Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email