A loção pós barba mais odiada?

Olá caros amigos e seguidores, outra vez para falar do assunto que é o meu preferido, loção pós barba, e hoje a loção apresentada, é a mais controversa de todas, ela não faz parte do rol dos produtos, ame ou odeie, acho difícil alguém amar de fato essa loção, mas gostar é possível, como eu gosto, vou escrever desta vez sobre Lilac Vegetal.

A maioria do grupo que temos no Telegran, não gosta dela, diga-se de passagem, a maioria esmagadora, essa é mais uma loção vintage, mas ela desagrada a todas as idades, desdes o mais jovens até os mais velhos, ela agrada os bem mais velhos, minha mãe de 76 anos gosta, no grupo costumamos dizer que depois de se barbear e passar essa loção, você esta pronto para ir ao baile da terceira idade e arrebentar.

O nome da loção e sua fragrância vem desta flor, que não é comum por aqui.

lilac-4

Lilac em sua tradução do inglês significa, Lilás, mas seu nome fora dos EUA é Syringa e existem muitas variações, muitas especies, é fácil encontrar Lilac na América do Norte, elas parecem ter estado sempre na América, mas na verdade são nativas da Europa e Ásia. Os colonizadores europeus  trouxeram seus amados arbustos lilases para a América na década de 1750. Lilacs não são apenas bonitos, mas incrivelmente perfumados, algumas pessoas preferem o perfume dos lilases ao das rosas.

Frascos Vintage da direita é da deca de 30 o da esquerda é ainda mais antigo, e raríssimo por que é da loção francesa, posteriormente e Pinaud passou a fabricar nos EUA, ambos em vidro, hoje são de plastico.

A loção é mais um produto da Gigante Pinaud, que fabrica muitos produtos, e tem o cheiro dessa flor, uma fragrância forte e bem aromática bem floral mesmo e muito persistente, tem uma ótima fixação, o que passa a ser um pesadelo para aqueles que não gostam, é uma loção com bastante álcool em sua formula, e essa junção de bastante álcool e bastante óleo essencial faz com que essa loção te passe a sensação de “queimar” ou melhor, arde intensamente, se o seu barbear teve irritação, eu nem aconselho usar ela.

photo_2018-11-07_21-04-32

O ponto desse produto é o tratamento que proporciona a pele, ela literalmente “lacra” os poros imediatamente e deixa uma sensação sedosa muito agradável, um das melhores sensações pós de todas as loções que tenho, mas tenho que admitir, não da pra usar essa loção todo dia, e muito menos em dias quentes, pelo menos eu não aguento, ate curto o cheiro, mas eu considero bem exótico.

Fórmula:

wpid-wp-1443873214724
http://thecloseshave.com/pinaud-clubman-lilac-vegetal-review/Insira uma legenda 

Você não vai achar pra comprar com facilidade aqui no Brasil, talvez no mercado livre e bem eventualmente, a minha peguei no Ebay, pelo print abaixo sai em torno de 50,00 por 177ml um ótimo valor. Esse print foi feito em 07/11/2018

lilac

Se você chegou até aqui, deixo meu muito obrigado, curta comente, ficaremos felizes em lhe responder.
Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email
Ouçam nosso podcast, clique no feed e abra no app favorito
http://barbeandocast.podomatic.com/rss2.xml

Loção pós barba Pinaud Clubman

O assunto deste post é loção, o meu assunto preferido no barbear clássico, e eu vou escrever sobre uma das mais clássicas, é um loção americana, Pinaud Clubman.

Mas por que loção “clássica”? Nós no nesse mundo de Wetshaving consideramos essas loções antigas, as clássicas, dentre elas, Aqua Velva e Oldspice, e para se ter uma noção de quão antiga a Pinaud é, vou repassar um pouco da história deles, a empresa Pinaud foi fundada em 1810 por Eduar Pinaud, e Clubman é o nome da primeira e atual linha de produtos, com o sucesso dos produtos, foi contratado um artista francês para criar os rótulos que são os que estampam todas as embalagens até hoje, proporcionando aquele “ar” retrô.

Durante a era farmacêutica do início de 1900, os produtos da Pinaud conquistaram popularidade e aclamação internacionalmente. A American International Industries em Los Angeles, Califórnia, adquiriu a marca e sua linha Clubman há mais de 30 anos. Hoje, mais de 200 anos desde a sua estreia, o Clubman oferece uma ampla variedade de produtos masculinos populares para cuidados pessoais que permanecem fiéis à herança da marca, ao mesmo tempo que trazem para o mercado os itens essenciais impulsionados pelas tendências do mercado. Colônias Clubman e aftershaves variam de clássico e sutil, exótico e inebriante.

Embora a Loção After Shave mais vendida tenha mantido a popularidade com sua mistura clássica de fragrâncias, os fãs do Clubman também adoram os aromas característicos da marca, como o Bay Rum, o Classic Vanilla e o Musk. Os veteranos da marca Lilac Vegetal After Shave Lotion e Eau De Quinine Cologne alcançaram a longevidade, uma vez que permanecem padrões no mercado hoje. Os fãs do Clubman ao longo da vida Bob Hope, Kirk Douglas e Donald Trump lealdade para com a marca prova que a qualidade excepcional transcende o tempo e nunca sai de moda.

Agora vou falar do produto mais popular da marca, a loção pós barba, que recebe o nome da empresa, Pinau Clubman, eu conheci essa loção há mais ou menos 3 anos, peguei uma garrafa de plástico ( hoje a marca só usa plástico mas no passado eram de vidro) de 133ml pelo absurdo de 120,00 (ela custa 8,00 dólares ) e foi no mercado livre, mas valeu cada centavo.

A embalagem – segue o design original com o rótulo original deixando o visual do produto bem retrô, é oferecida em 4 tamanhos 133ml, 236ml, 370ml e 473ml essa de 236ml é promocional e mais difícil de encontrar.

A fragrância –  segundo o frabricante é francesa, é bem forte e muito persistente, na minha opinião o melhor barbershop de todas as loções, mas cheiro é algo muito subjetivo e particular, e o que seria “barbershop” ? É a fragrância que tenta imitar o cheiro de uma barbearia, então essa loção tem bastante musk, deixando uma forte sensação de conforto, e um cheiro bem atalcado, as barbearias de antigamente usavam muito talco após cortarem o cabelo e a barba dos clientes, esse cheiro se espalhava e se misturava com outros cheiros, e essa loção pra mim é exatamente isso, me senti numa barbearia antiga, eu quando moleque ainda cortei meu cabelo em barbeiros, essa moda voltou, mas os cheiros não são os mesmos.

Não posso deixar de citar que pelo musk, pela sensação atalcada e bem retrô, muita gente não gosta, é uma fragrância datada, mas se não fosse boa, não seria o produto de maior sucesso da marca até hoje!

O desempenho – é uma loção com muito álcool e muita fragrância, então prepare-se para aquela sensação de queimar ( que eu adoro), se o barbear foi irritante vai arder muito, se foi um barbear tranquilo, você não sentir quase nada, como já citei o cheiro é persistente, então ela serve como uma colonia.

Fórmula.

  • Alcohol Denat.
  • Water (Aqua, Eau)
  • Fragrance (Parfum)
  • Benzyl Alcohol
  • Benzyl Benzoate
  • Benzyl Salicylate
  • Citral
  • Citronellol
  • Limonene
  • Geraniol
  • Hydroxycitronellal
  • Linalool
  • Evernia Prunastri (Oak Moss) Extract
  • Evernia Furfuracea (Treemoss) Extract
  • Yellow 5 (CI19140)
  • Yellow 6 (CI15985)

clubman4

Você vai sentir a pele ser literalmente lacrada, seus poros abertos pela lâmina, vão se fechar instantaneamente, e a pele fica com um toque aveludado.

photo_2018-06-24_19-32-08

Sim eu gosto de mais dessa loção, e hoje mesmo no mercado livre os preços caíram bem, mas eu comprei a primeira aqui e o resto pelo Ebay, e tenho dessa loção para alguns anos.

Deixe sua comentário ou sua dúvida, lhe responderemos com o maior prazer.

Clique no link e receba nossas atualizações !!!
Subscribe to BarbeandoCast by Email
Ouçam nosso podcast, clique no feed e abra no app favorito
http://barbeandocast.podomatic.com/rss2.xml

Pedra Hume na rotina pós barba

Como utilizar a Pedra Hume depois de se barbear

O alúmen de potássio é o principal constituinte da pedra-ume (BR)/pedra-hume (PT), historicamente chamada pedra alúmen, essa pedra tem literalmente mil e uma utilidades, depois eu vou relacionar algumas, agora eu vou escrever um pouco sobre sua utilização no barbear ou melhor no pós barbear. Toda vez que nos barbeamos, a lâmina, seja de uma “Gillette” ou seja de uma navalha, abre nossos poros e nesse processo pode causar alguma irritação, é por esse motivo que é recomenda uma rotina pós barba, como forma de assepsia e fechamento dos poros que começa lavando-se o rosto agua fria e também deve ser realizada em sequencia utilizando ou um balm ou um tônico ou uma loção ou até mesmo todos, também podemos usar a tal Pedra Hume que possui excelente efeito adstringente e cicatrizante, propriedades do alúmen de potássio. Esta pedra pode ser encontrada na natureza e também pode ser fabricada, alias a maioria encontrada por ai são produzidas em laboratório, não sei dizer exatamente a diferença entre ambas, mas quando você procurar mais sobre a utilização dela no barbear vai encontrar recomendações para dar preferencia as naturais.

20170506_121449_Richtone(HDR)

Como eu utilizo? ao finalizar o barbear eu lavo o rosto e com ele ainda molhado passo a pedra por todas as áreas barbeadas durante uns 30 segundos, você sentirá pinicar e arder principalmente nos pontos que você irritou mais a pele, isso é ótimo para você conhecer os pontos mais delicados do seu rosto e assim aprimorar a sua técnica a cada barbear, em seguida lave o rosto de novo, e você percebera que toda e qualquer oleosidade no seu rosto vai embora, então se você tem pele seca, use pouco ou evite a pedra, eu altamente recomendo que em seguida você utilize um balm, para re hidratar e tratar a pele, o efeito depois é muito bom, uma outra qualidade da pedra hume é seu efeito hemostatico, se cortou e esta sangrando, da-lhe pedra hume, esfregue ela no corte até que estanque o sangramento, geralmente é muito rápido.

Ingredientes.

20170506_121517_Richtone(HDR)

Onde encontrar e quanto custa? Geralmente você encontra em farmácias e lojas de produtos de beleza e estética, inclusive tem liquida e em pó, a pedra mesmo não é muito comum, e pode ser adquirida pela internet, o preço é em torno de 13,00 a 25,00 varia bastante de marca para marca.

Também pode ser adquirida em forma de bastão, esta da foto comprei no Aliexpress por 2$ é muito pratica!

Quando comecei a me barbear da forma tradicional eu usava ela diariamente, hoje uso 1 ou duas vezes por semana, e recomendo muito sua utilização.

E como prometido lá no inicio vou deixar aqui algumas de suas inúmeras utilidades.

Pedra hume como Anti-transpirante
Tratamento de aftas
Esfoliação corporal
Cicatrizante
Tratamento de estrias
Pedra hume para deixar a vagina apertadinha
Pedra Hume para rachadura nos pés
Acabar com frieira

http://www.dicasdouro.com/2016/04/pedra-hume-conheca-seus-beneficios.html

Duvidas, sugestões e correções deixe seu comentário!

Abraços.

Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email

Balm X Splash …

Todo wetshaver que se preze tem em sua rotina de barbear um pós-barba. Ele é importante para amenizar a agressão à pele ocorrida durante o barbear. E a pergunta que fica é: balm, splash ou os dois?

Depois de muitos testes e conversas com amigos do wetshaving, a conclusão é simples. É uma decisão pessoal de cada um.

No entanto, os motivos para essa escolha são muito parecidos e nos trazem alguns padrões.

FRIO X CALOR

A temperatura de onde você está é sim um fator considerado para a escolha. Em locais quentes, as pessoas possuem uma preferência aos splashes, já que, além de evaporar rápido por causa do álcool, não deixam a pele mais oleosa. Em locais frios, o balm traz uma proteção extra ao barbear.

PELE OLEOSA X PELE SECA

Pessoas com pele muito oleosa queixam-se mais dos balms, visto que se a quantodade utilizada não for a adequada, você corre um grande risco de ficar grudando o dia todo.

Álcool X Sem álcool 

A maior parte dos splashes possuem álcool, ou seja, se você possui pele sensível, não vai dar certo. Muitas vezes a sensibilidade não é do álcool, mas do nível de agressão durante o barbear. Quando iniciei no hobbie, acreditava que o álcool irritava, mas depois percebi que o problema estava na pressão realizada com o barbeador.

Os balms não possuem, em sua grande maioria, Álcool em sua composição, o que o torna uma boa pedida para quem realmente possui sensibilidade ao álcool.

SPLASH E BALM

Sou uma das pessoas que ao longo do tempo adquiriu o hábito de utilizar os dois em minha rotina. Ao contrário de muitos, a inclusão do balm, com moderação, só trouxe benefícios para o meu barbear. Costumo aplicar o splash e depois de pouco tempo finalizar com o balm.

Independente da escolha, adicionar um pós-barba é essencial para a recuperação e hidratação da pele, e sem dúvida não deve ser descartado.

 Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email

Anúncio de Parceria!

Boa noite, Senhores e possíveis Senhoras.

Nós, da equipe do Barbeando Blog, estamos sempre buscando novos conteúdos e informações que possam ser úteis para todos os amantes do barbear tradicional e, também, aos leitores que precisam fazer a barba, independente do método. Sempre bom lembrar: as informações disponibilizadas aqui não são restritas e não excluem quaisquer indivíduos que optem por outros métodos para barbear-se.

Então, com grande alegria, informamos a parceria entre o Barbeando Blog e o muito conhecido por todos “Sharpologist”, ou Mantic 59’s.

Nosso objetivo é a transmissão e divulgação de conteúdos interessantes, variados e, tendo em vista que nem todos os nossos leitores sentem-se confortáveis com a leitura em língua inglesa, eu, Frederico, propus ao Mantic a introdução no nosso blog de posts traduzidos a partir do blog dele.

Simples, todos os posts serão marcados, os créditos serão todos dados a ele e, ao fim de cada post, constará o link para a postagem original. As traduções serão feitas por mim e os posts serão selecionados pela equipe editorial do blog.

 

Sendo assim.

Aguardem, pois espero que a novidade agrade a todos.

Forte abraço e bons barbeares.

Aos que não conhecem, seque o link:

http://sharpologist.com/

Loção pós barba WSP Mahogany

Forte, muito forte, fortíssima é palavra que define essa loção pós barba, e cá estou eu novamente para falar de um dos produtos que mais gosto nesse Hobby, loções pós barba, after shave ou como costumamos abreviar ASL (after shave lotion).
Este é um produto artesanal, fabricado pela WSP, mais um americano produzindo ótimos produtos para o barbear, e esta loção é realmente diferente, tendo como a na sua base álcool ela age de uma forma distinta, no site eles categorizam como “tônico” mas tônicos na minha opinião são muito diferentes, são mais suaves com pouco ou nenhum álcool e portanto servem pra hidratar e recuperar a pele de forma bem suave.
Não é o caso desta loção, composta por poucos ingredientes em sua composição e mesmo assim fazendo desta uma loção mais “densa” o liquido é transparente, mas a densidade esta na composição, tornando essa loção muito forte, em todos os sentidos.
Ingredientes – segundo o fabricante a loção é totalmente natural, sem parabenos, sem silicone sem óleos minerais e nem corante, mas curiosamente tem Alantoína que é encontrada no confrei, e possui propriedades curativas,  talvez seja esse o ingrediente que faça com que esta loção queime de forma diferente de uma loção normal, se você exagerar vai sentir uma sensação de queimar mais intensa e que dura mais tempo.
20170501_125051_Richtone(HDR)
Este frasco que possuo é uma amostra de 30ml  em vidro e com dosador em plastico
803113023_43648
Fragrância – esta é Mahogani (mogno) e muito poderosa, numa concentração alta de essências, você vai exalar o perfume por uns 30 minutos ou mais, é adocicada e frutada, eu particularmente adoro, mas eu creio que ela entra na categoria ame ou odeie.
Eis aqui como o fabricante define esta fragrância.
Mahogany – It’s a little sweet, a little spicy, and a lot of sexy. Sensual, woody, and spicy is how one customer’s wife described it. “It reminds me of walking through a forest.” is how another customer put it. “A perfect blend of sweet, spicy, & woody”. I started with a base note of mahogany and then accented it with bergamot, vanilla, cedar and allspice notes. Then I threw in some cedar, vanilla, & patchouli to round it out.
Tradução – “Mahogany  É um pouco doce, um pouco picante, e muito sexy. Sensual, amadeirado e picante é como a esposa de um cliente descreveu. “Isso me lembra de caminhar por uma floresta.” É como outro cliente colocá-lo. “Uma mistura perfeita de doce, picante, especiado e amadeirado”. Comecei com uma nota de base de mogno e, em seguida, acentuado com bergamota, baunilha, cedro e pimenta. Então eu joguei  algum cedro, baunilha e Patchouli para deixar mais redonda.”
Ação na pele – A composição faz desta uma loção poderosa no sentido da assepsia, se você não gosta da sensação de ardência das loções a base de álcool então afaste-se desta, ela queia muito mais e durante muito mais tempo e de uma forma diferente, se você teve um barbear irritante, e errar na mão abusando do liquido, prepare-se para um longo sofrimento srsrsrsrsrs, mas se o seu barbear foi ótimo e você usou a quantidade certa(pouco) terá uma experiencia formidável, e o tratamento na pele é ótimo.
Recomendo usar essa loção no inverno e aplicando com os rosto molhado para suavizar o efeito de fogo hehehe.
termino este post qualificando esta loção como muito boa, nota 7 tirei um ponto pela disponibilidade, é um produto que não existe no Brasil, mais um ponto pela versatilidade, não da pra usar a qualquer hora, eu não consigo usar no verão, e outro ponto pela sensação muito forte queimar, na minha opinião,  em muitas circunstancias, menos é mais, poderia ser um pouco mais light, isso daria mais versatilidade a ela, mas no o conjunto geral da obra é muito boa e eu vou usar até o ultimo pingo e se conseguir adquirir mais, o farei.

 Clique no link e receba nossas atualizações
Subscribe to BarbeandoCast by Email

Loção pós barba Myrsol Água Balsâmica

Neste post irei abordar essa loção que foi selecionada pra nossa compra conjunta neste post Myrsol Agua Balsâmica, escolhemos essa loção por 3 motivos, queríamos testar esta marca, o preço era convidativo e a quantidade ideal, um incrível frasco de 1 Litro, creio que esse tipo de frasco seja fabricado pensando nas barbearias, afinal quem em são consciência compraria pra si próprio 1 litro de loção pós barba? Por mais que você ame uma loção pós barba 1 litro durará mais de 1 ano, eu fatalmente enjoaria, mas para nosso intuito foi perfeito. Não vou aqui detalhar todas as contas, mas no final cada 100ml saiu por 14,00 com frasco(bem baratinho) incluso, um preço fenomenal, é claro, demos sorte e não fomos taxados, e mesmo que travesseemos que pagar as taxas, o preço seria semelhante a Bozzano, porem esta na minha opinião é muito melhor.

Myrsol é fabricada na Espanha em Barcelona, para mais detalhes dos produtos desta marca deixo o link da empresa http://www.myrsol-cosmetica.com/after-shave

Vamos as minhas impressões:
É uma loção transparente e bastante alcoólica, como sempre digo da aquela queimada gostosa, mas se o seu barbear foi um pouco irritante, vai queimar muito, a fragrância é que não agradou muito, a base é alecrim, e por esse motivo a galera da conjunta apelidou de “tempero de frango”, não me desagradou mas também não é agradável,( dá usar o termo “não cheira nem fede”)  a composição química é simples como mostra a foto, mas é uma loção surpreendente, proporciona um ótimo tratamento a pele, e hidrata muito bem, eu sou fã dos balms, mas quando uso essa loção dispenso.

20170411_125944
Foto pode dentro do litro 

Conclusão: É uma ótima loção com um desempenho acima da média, deixa a pele com uma textura bem suave, ajuda muito na recuperação e tem um poder hidratante, eu particularmente não procuro hidratação nas loções por que sempre uso balm, uma pena foi a fragrância, recomendo que você escolha outra.

Minha nota é 8 – perde 1 ponto pela fragrancia e mais 1 ponto por nao estar disponível no Brasil

Eu gostaria que todos os participantes da conjunta deixassem suas opiniões nos comentários, vai ajudar muito outras pessoas que estiverem interessadas em loções desta marca.