Limpeza da pele no “pré barbear”

O barbear faz parte da vida do homem, isso é um fato, não interessa se você “cultiva” uma barba gigantesca ou precisa barbear todos os dias; independente de ser adepto do barbear tradicional ou dos multilâminas. Todos os dias, a barba estará lá. Pensando nisso, sempre desejamos produtos de excelente qualidade, performance surpreendente, algo inovador, inédito ou algo conhecido e aclamado por todos, pois, no fim das contas, não é por ser algo corriqueiro e cotidiano que não deve ser aproveitado.

No entanto, se afastarmos o olhar apenas um pouco, se tomarmos certa distância, é possível observar que o barbear, o trato à barba e os cuidados com a pele compõem o que, atualmente, chama-se “grooming”. Portanto, não basta apenas o uso de produtos excelentes para o barbear, algumas outras coisas também são necessárias e deveriam merecer a dedicação de alguns trocados a mais.

Por isso, hoje eu gostaria de falar sobre sabonetes. Todos sabemos, antes do barbear, é essencial estar com a pele limpa, é essencial lavar o rosto e, de preferência, tratar a pele com água quente no que chamamos de “ritual pré barbear”, mas será apenas isso? Será que é suficiente usarmos o mesmo sabonete que tomamos banho, para lavar o rosto?

Sujeira, poluição, oleosidade, terra: tudo isso se acumula na pele, todos esses elementos fazem com que a pele fique, literalmente, suja e essa sujeira muitas vezes é imperceptível. O pior disso, é que um sabonete comum (dove, phebo, palmolive, rexona, lux, etc) ele não consegue limpar os poros da forma correta, não faz o trabalho de retirar a sujeira e, ao mesmo tempo, tratar a pele.

As vezes aquele sabão maravilhoso, aclamado por todos, simplesmente dá uma reação estranha na pele, pinica, coça, deixa uma sensação ruim de ardência e vermelhidão. Nem sempre isso é alergia, muitas vezes, é a reação do sabão – e dos produtos contidos nele – com a sujeira da pele. Por isso é importante que, além de “lavar o rosto”, façamos a limpeza do rosto da forma correta.

Atualmente, eu recomendaria qualquer um desses três. Cada um tem especificidades, características e valores diferentes, no meu caso, eu comecei com o Deep Clean Energizing, um ótimo sabonete, sensação de limpeza da pele, bom trato e, principalmente, sem a sensação de ressecamento, sem fazer com que a pele fique quase sensível demais para o barbear. O segundo da Neutrogena, o “limpeza profunda”, é recomendado para pessoas com a pele bastante oleosa ou que estão expostas à poluição (oi, pessoal de São Paulo), ele realmente abre os poros e remove completamente a oleosidade. Já o La Roche que, na minha opinião, é o melhor de todos, tem ácido salicílico na fórmula, ele é bacana e perfeito para o pessoal com tendência acneica, que faz a barba e logo aparece uma ou duas espinhas. Além disso, o ácido salicílico elimina algumas bactérias, as quais auxiliam na formação de espinhas e foliculite. Ah, e falando na foliculite, se você sofre com rosácea ou foliculite, é interessante pensar no sabonete da la roche, com certeza.

Então, encerrando toda a ideia, além de pensarmos em produtos específicos para barbear, seria bom mantermos em mente que o barbear perfeito é, na verdade, um conjunto de fatores. Ter a pele limpa, os poros abertos e os pelos bem hidratados é, sem sobra de dúvidas, essencial.

Espero que, de alguma forma, este post seja útil, talvez lhe faça pensar sobre a razão daquele sabão bacana e tão cheiroso estar causando uma leve irritação ou coisa do gênero.

Os sabonetes citados aqui não são de difícil acesso, a maioria das drogarias os vende e, felizmente, os preços – exceto o da la roche – são bem módicos.

Um grande abraço a todos.

Fred

 Clique no link e receba nossas atualizações
<a href=”https://feedburner.google.com/fb/a/mailverify?uri=Barbeandoblog&amp;loc=en_US”>Subscribe to BarbeandoCast by Email</a>

Autor: Fred.

Alguns anos de estrada, nada além de mais um ser humano sufocado por si mesmo, vítima voluntária do sistema cultural vigente, meio escritor, meio poeta. Diferente divergente. Perverso polimorfo. Café; Whisky; Bons livros; Não, não penso na estética do belo, aqui é a mesa redonda de uma sala terapêutica em grupo. Esse é meu abismo pessoal. Agora sente, puxe uma cadeira e me conte um pouco do seu.

7 comentários em “Limpeza da pele no “pré barbear””

    1. A ideia é ótima. Dá pra fazer a mesma coisa na barra de sabão
      Só acho que em pincéis de pêlos naturais, eles podem ficar quebradiços com o tempo, em função do ácido salicílico. É bom prestar atenção nisso.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s